MEU CBDA WEB
Usuário ou senha inválidos
Não foi econtrado usuário

Resultado Analítico Adverso

Natação 19/12/2012 00:00:00

Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2012

AP 53/2012

GPM

ATO DA   PRESIDÊNCIA

 O Presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos-CBDA, utilizando-se das atribuições que lhe confere a letra J do Art. 31 dos Estatutos desta CBDA, considerando que, em violação da Regra da FINA DC 2.2, foi confirmado Resultado Analítico Adverso para estanozolol o resultado da Amostra A2641013, cujo exame foi realizado durante o Torneio Open de Natação, no dia 10 de novembro de 2012, na cidade de Guaratinguetá, SP, e cuja análise foi realizada pelo Laboratório INRS- Institut Armand Frappier, no Canadá, credenciado pela Agência Mundial Antidoping, e considerando que o atleta DIEGO CANDIDO PRADO declinou da realização da análise da Amostra B2641013,

 RESOLVE:

Por se tratar de anabólico esteroide exógeno que fica caracterizada violação da regra do doping pelo fato da substância estanozolol constar na relação de agentes proibidos da WADA (S.1.a);

Por recomendação do Painel de Controle de Doping, presidido pelo Prof. Dr. Eduardo de Rose, e respeitando o determinado pela regra DC 9, que o atleta perderá todos os resultados obtidos no Torneio Open, realizado em Guaratinguetá, São Paulo, em novembro de 2012, quando se submeteu ao controle de doping;

 Por se tratar de anabólico esteroide exógeno que seja aplicada a inelegibilidade de dois (2) anos, de acordo com a Regra DC 10.2, a partir de 04 de dezembro de 2012, data de início da suspensão provisória obrigatória;

Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2012.

COARACY NUNES FILHO

Presidente